Webmail Área do Franqueado Ouvidoria

unidade Cascavel / PR

Mais uma boa notícia para o Setor Solar!!

Hoje, dia 06/01 um comunicado do nosso presidente Jair Bolsonaro deixou consumidores e empresários mais tranquilos referente ao cenário da geração distribuída,  que desde o ano passado tem tirado o sono de todos envolvidos no segmento.

“ Conversei com Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre sobre a taxação da energia solar proposta pela ANEEL. O Presidente da Câmara porá em votação PL, em regime de urgência, PROIBINDO A TAXAÇÃO da energia solar. O mesmo fará o Presidente do Senado. Caso encerrado. Bom dia a todos!” disse Jair Bolsonaro em seu Twitter.”

Segundo Bolsonaro, o Congresso colocará em votação um projeto de lei proibindo a taxação de energia gerada por radiação solar.


Na noite antecedente da postagem Bolsonaro postou um vídeo dizendo “No que depender de nós, não haverá taxação da energia solar. E ponto final. Ninguém fala no governo, a não ser eu, sobre essa questão. Não me interessam pareceres de secretários ou de quem for. A intenção do governo é não taxar”, disse Bolsonaro.

Questionada, a Aneel afirmou que não iria se posicionar sobre as falas do presidente. Segundo a Agência, o projeto foi para consulta pública e o órgão avalia as contribuições recebidas para saber o andamento que a medida irá receber.

Atualmente, existem em operação no Brasil cerca de 2 gigawatts em sistemas de geração distribuída, divididos em 162 mil instalações. Desses, 1,87 gigawatts envolvem painéis solares.

Taxarosolnão,juntossomosfortes,energiasolartomandoforça

Em: 06/01/2020

www.ilumisolenergiasolar.com.br | feito com por Metis Agência Digital